A Endometriose Intestinal pode virar câncer?



Endometriose intestinal pode causar câncer?


Uma doença tem a ver com a outra?


Essa é uma inquietação de quem recebe o diagnóstico de endometriose intestinal e esse texto vai ajudar a entender melhor.


Separa esse tempinho para ler que vale a pena !




A endometriose intestinal, como já falamos aqui, é um crescimento do tecido do endométrio, camada do útero, que invade o intestino. Essas protuberâncias causam alteração no funcionamento do órgão e uma inflamação. Muitos dos sintomas da endometriose se parecem com a do câncer. O sangue presente nas fezes é um dos comportamentos comuns às duas doenças.

COMO É MESMO?

A confusão pode ser desfeita com a análise dos exames apropriados. A endometriose intestinal é uma alteração chamada de benigna. Ou seja, a sua composição não tem um comportamento agressivo e progressivo para todo o corpo humano, como o câncer.

O câncer é um termo que resume mais de 100 diferentes tipos de doenças malignas que têm se manifestam pelo crescimento desordenado de células. Esse crescimento é fruto de uma alteração da célula, que passa a receber instruções erradas para as suas atividades.


O QUE ACONTECE?

Então, resumidamente, na endometriose é o mesmo tecido do útero que cresce e invade outros lugares. No câncer, a estrutura da célula original muda e, essa presença estranha ao organismo causa alterações que são progressivas conforme as células alteradas se espalham. São processos diferentes que causam as duas doenças.


Por outro lado, há alguns estudos que sugerem que mulheres com endometriose têm um risco aumentado paras alguns subtipos de câncer de ovário, como o endometrioide e de células claras.


Assim como, outros estudos sugerem alguma transformação na endometriose quando ela acomete ureter. Quando a endometriose atinge o apêndice fica mais difícil diferenciar somente por exames se é endometriose mesmo ou se é câncer. E o indicado, neste caso, é a realização de uma biopsia.


O QUE FAZER?

Afinal, de tudo que falei até aqui, o mais importante é estar atenta sempre a sua saúde, fazer os exames de check-up anuais e qualquer sintoma procurar seu médico. Ele vai saber investigar e diferenciar um caso do outro.


Por último, tanto o câncer quanto a endometriose quanto mais cedo é o diagnóstico mais chances de não ter complicação. Não fique adiando.



Dúvidas sobre o assunto? mande mensagem.

Por fim, se quer saber mais sobre o tratamento da obesidade e cirurgia bariátrica, acompanhe nossas redes sociais.

No Youtube, por exemplo, você tem playlists sobre o assunto.

Em primeiro lugar, lembre-se que o médico pode ser seu melhor aliado,

Dr Demetrius Germini