Como é feita a Cirurgia de Endometriose Intestinal?


A cirurgia pode ser realizada com diferentes técnicas: laparoscópica, abdominal, vaginal ou o combinado dessas técnicas. A Videolaparoscopia e a Robótica são menos invasivas.


Videolaparoscopia é realizada pequenas incisões menores de 2 cm de

comprimento no abdômen e passado um tubo fino e longo com uma

câmera(laparoscópio). O abdômen é visto em uma tela de televisão que fica na sala de cirurgia próximo ao cirurgião.


Robótica é realizada por laparoscopia, mas o cirurgião fica sentado em frente a um monitor, encaixa as mãos em controles e começa os movimentos do robô, que faz delicadas incisões. O médico que controla o instrumento.


Nesse método o cirurgião tem a possibilidade de realizar movimentos ainda mais refinados e precisos, sendo o método mais indicado para os casos complexos de cirurgia por endometriose intestinal.


A VIDEOLAPAROSCOPIA e a ROBÓTICA melhoram a visualização do cirurgião de áreas mais difíceis de enxergar, a cicatriz do paciente é menor, sentem menos dores após a cirurgia e ficam menos tempo internados.


A cirurgia requer anestesia geral, realizada por injeção de drogas anestésicas que induzem ao sono profundo. Utilizamos também anestesia combinada, associando a anestesia geral com a anestesia peridural (na coluna para bloquear os movimentos da região de pelve e pernas).


A anestesia é uma etapa fundamental para a realização da cirurgia, e deve ser acompanhada por um médico anestesista experiente, durante todo o processo, o que determina extrema segurança ao paciente. A duração do procedimento varia entre 2 a 4 horas.




0 comentário

Posts recentes

Ver tudo