Como diagnosticar a Endometriose Intestinal?



Endometriose intestinal é endometriose? Como diagnosticar a endometriose intestinal?

Endometriose é um crescimento exagerado do tecido que reveste o útero, o endométrio. E, por isso, costuma ser diagnosticada pelo ginecologista. Quando esse crescimento se expande para fora do útero atinge os órgãos ao redor. Entre eles, não é raro atingir o intestino. Daí a endometriose intestinal. Essa "invasão" de tecido pode prejudicar o funcionamento dos órgãos atingidos.


SINTOMAS DA ENDOMETRIOSE INTESTINAL

Os sintomas apresentados que levam à suspeita da endometriose intestinal são:


  • Dificuldade para evacuar;

  • Dor no abdome durante o sexo,

  • Dor na parte inferior do abdome;

  • Diarreia persistente;

  • Dor persistente durante a menstruação;

  • Presença de sangue nas fezes.


E também: se a lesão do intestino se estender lateralmente pode gerar sintomas urinários.


Baixe o ebook sobre endometriose


EXAMES PARA DIAGNOSTICAR

Importante ressaltar que pode ser que você não precise passar por todos os exames. Cada caso é diferente. E os exames variam de acordo também com o grau da endometriose intestinal. Alguns exames são preliminares e podem indicar a necessidade de outros.


Ressonância Magnética da Pelve:

A imagem que o exame gera permite analisar diferentes ângulos das diversas regiões da pelve. É, normalmente, realizado em laboratórios e hospitais. É indolor e feito sem sedação. Precisa fazer jejum antes do exame.


Videolaparoscopia diagnóstica:

É um procedimento cirúrgico simples e minimamente invasivo. Atualmente, é usado não somente para diagnóstico, mas também como tratamento. É necessário um cirurgião especialista e devidamente habilitado em cirurgia minimamente invasiva, como a videolaparoscopia. É realizado no hospital porque é feito com anestesia.

Nessa técnica, é utilizada uma microcâmera para monitorar e avaliar as estruturas internas, por isso realiza-se pequenos cortes na região próxima ao umbigo e no abdome.


Ultrassonografia Transvaginal com preparo intestinal:

O exame não requer sedação. Um dia antes, a mulher toma um laxante para esvaziar o intestino, o que vai facilitar a visualização. É possível avaliar todo aparelho reprodutor feminino e as porções finais do intestino grosso e reto. Este pode ser realizado em hospital, laboratórios ou consultórios.


Colonoscopia:

É feito com um instrumento de fibra ótica. E é indicado para ter mais informações sobre o interior do intestino. O exame é realizado pelo ânus e é possível ver as lesões que acometem o cólon e o reto.

Também tem como preparo o esvaziamento do intestino, através da ingestão de laxante, sendo que cada serviço de saúde tem um protocolo de limpeza intestinal. Pode ser feito em laboratório ou hospital, com sedação.


Tirou suas dúvidas? Tem mais informação aqui:


Endometriose e infertilidade: tem cura?

Dr Demetrius Germini

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo