Endometriose : quando saber que a doença está avançando.


Endometriose: Quando saber que a doença está avançando.

Endometriose: quando saber que a doença está avançando ?


Em média, as mulheres demoram 10 anos entre sentir os primeiros sintomas e ter o diagnóstico da endometriose. Muitas vezes porque associam cólica e dor como um sintoma comum da menstruação. Mas, nem sempre é assim. E não precisa ser assim para ter qualidade de vida.


Como saber se a doença está avançando?

Primeira providência é : Está sentindo muita dor? Por mais de um ciclo menstrual? Hora de marcar o ginecologista. Combinado?


Mais de 7 milhões de brasileiras sofrem com a doença. Relembrando o que causa: O endométrio, que é uma camada do útero, começa a crescer para fora e pode atingir outros órgãos, com sintomas, algumas vezes, inusitados. Nesse processo, parte do sangue da menstruação pode migrar para outras partes do corpo. E isso ajuda a espalhar o tecido invasor para outras partes do corpo.


Os sintoma comuns são:

  • dor na parte de baixo da barriga ( região pélvica ), mesmo antes de menstruar

  • Cólicas mais e mais fortes

  • dor durante ou após a relação sexual

  • infertilidade


Você também pode assistir a playlist de short videos sobre endometriose.


A endometriose é encontrada com mais frequência nestes locais:

  • Peritônio

  • Ovários

  • Tubas uterinas

  • Na superfície do útero, bexiga e intestino

  • Fundo de saco vaginal (o espaço atrás do útero)

Graus de endometriose

E tem graus diferentes que são diagnosticados primeiramente por ultrassom. E, mais claramente, através de um exame de laparoscopia. Os graus de 1 a 4 são definidos pela quantidade de pontos e locais atingidos.

Quer saber como é feito o diagnóstico de endometriose intestinal? Aqui.

O grau 4, mais avançado, é quando há, por exemplo, aderência entre os órgãos, obstrução das trompas de falópio e acometimento ovariano. Com ajuda da câmera usada no exame de laparoscopia, o médico verá uma infiltração desse tecido com mais de 5 mm de profundidade e avançando pela bexiga e intestino.

Essas pacientes, provavelmente, terão maior dificuldade para engravidar e podem necessitar de tratamentos de reprodução assistida no futuro. A relação entre endometriose e infertilidade estão neste texto.

Mulheres com grau 4 são as que apresentam mais dor e sintomas associados, como sangramento pelo ânus e dificuldade de evacuação. Esse estágio pode também provocar sintomas urinários: ir ao banheiro com mais frequência é um deles.


Nos casos de endometriose profunda, a indicação, na maioria, é cirurgia. A indicação do tratamento cirúrgico leva em consideração a extensão da doença, queixas da mulher, exames clínicos e insucesso na terapêutica medicamentosa.


Aqui tem um vídeo que falo sobre como é depois da cirurgia.


Como informação nunca é demais, fiz um ebook sobre endometriose profunda.

E você pode tirar dúvidas por esse email: comunicação.drdemetrius@gmail.com

Espero que tenha colaborado para você cuidar melhor da sua saúde.

Até breve,


Dr Demetrius Germini.







0 comentário

Posts recentes

Ver tudo