Tá na hora de fazer a bariátrica?

Atualizado: Jul 7


hora de fazer a bariátrica


Fazer a bariátrica agora ou esperar um momento mais adequado? Que momento é esse? Essa é a pergunta que ocupa a cabeça de quem está acima do peso, com obesidade e já tentou de tudo para resolver o problema. Como decidir?


O corpo responde

Fica cansado com muita frequência? Tem dificuldade para fazer atividades físicas, mesmo leves, como uma caminhada? E isso tem limitado passeios, o lazer em em geral,a interação com amigos e colegas?


Pois é, o seu dia a dia pode estar, de alguma forma, sendo prejudicado pelo excesso de peso. E esses são os primeiros sinais que precisam ser observados já que impactam também na mente.


Mas ainda falando do corpo, uma das queixas mais comuns são as dores articulares. Leia mais sobre elas aqui e avalie se estão te afetando.


Outros fatores importantes são as comorbidades. Muitas delas são silenciosas e, quando os sintomas começam a ser evidentes é porque já estão em estágio avançado. Consulte esse texto, atualize seus exames e consulte o médico para entender se as alterações são significativas e indicativas para a cirurgia.


Você tem o peso mínimo para fazer a bariátrica?

E a idade você tem?


E o psicológico?

Esse é o principal aspecto, na verdade, na hora de decidir pela cirurgia. Como qualquer cirurgia, há sempre aspectos delicados envolvidos em todo o processo, desde a preparação ao pós-cirúrgico. E com a cirurgia bariátrica não é diferente.


No entanto, todo mundo pode ficar tranquilo. O acompanhamento de uma psicóloga é um padrão antes e depois do procedimento. Essa profissional vai ajudar a entender aspectos ligados à saúde, à estética, à autoestima, dúvidas e inseguranças que são muito particulares de cada um.


Assim, a partir desse diagnóstico, você e seu médico podem entender se você está pronto.


Uma nutricionista também faz parte da rede de apoio. Assim, você saberá todas as etapas de retomada da alimentação e como fazer de uma forma mais confortável para você.


O que fazer para me preparar?

Se você é realmente um candidato, mas ainda não tem certeza, o que pode fazer para se preparar para o momento?


Claro, tudo que já falamos antes: além desse apoio psicológico, manter seus exames em dia, medicar possíveis comorbidades para que estejam controladas.


Outra medida que pode ser importante é começar a buscar o médico que fará a sua cirurgia. Conhecer esse profissional com antecedência, conversar bastante sobre os detalhes, sobre a técnica mais adequada ao seu caso, criar um vínculo vai ajudá-lo a, pouco a pouco, se sensibilizar e ganhar segurança para dar esse passo.


Qualquer dúvida? Vamos conversar.

Quero assistir o video sobre o tema



Dr Demetrius Germini



Você sabe por que fui fazer medicina?

Posts recentes

Ver tudo