Cirurgia na vesícula

 Vem aquele incômodo depois da refeição e muita gente já pensa, será que é pedra na vesícula? Nem sempre, mas os casos podem chegar até 20% da população. E o que fazer?

PEDRA NA VESÍCULA

Em muitos casos, a cirurgia é a forma mais indicada de tratamento.

 

E, hoje, esse procedimento é bastante simples e seguro, principalmente através da videolaparoscopia e robótica.

Os cortes são mínimos e a recuperação rápida.

O QUE SÃO ESSAS PEDRAS?
PEDRA NA VESÍCULA.jpg

As pedras são acúmulos de substâncias que já existem na vesícula e se solidificam devido a alterações. E são de 3 tipos:

●      Cálculos de colesterol puros: Mais comum           em mulheres e aparecem mais com a idade.

  • Cálculos mistos: São os mais comuns. Além de 60%-90% de colesterol, têm  bilirrubinatos e outros sais de cálcio.

●      Cálculos pigmentares: Esses têm menos de         25% de colesterol. Ao contrário dos outros,             não estão relacionados a bile infectada e               associam-se a doenças hemolíticas crônicas          ou cirrose.

principais causas 
e a bile?

A bile é o líquido produzido no fígado e armazenado na  vesícula e que ajuda a absorção das gorduras dos alimentos.

Durante a digestão, ela é liberada da vesícula e vai para o intestino, através dos canais biliares.

 

As pedras, podem entupir esse caminho, causando inflamação e dor.

sintomas 

   ●  Histórico familiar

  • Dieta rica em gorduras e carboidratos

  • Colesterol alto

  • Múltiplas gestações 

  • Hipertensão arterial

  • Obesidade 

Quer saber mais sobre a sua saúde, fique de olho no blog. E também no canal do Youtube e Instagram.

Dr Demetrius Germini

Se você sentir os sintomas abaixo, busque a ajuda primeiro de um gastroenterologista:

   ●  Cor amarelada nos olhos e/ou na pele,

  • Dor forte no lado direito da barriga, abaixo das costelas em geral, depois de comer, principalmente alimentos gordurosos

  • Náuseas,

  •  Vômitos,

  • Perda de apetite,